sábado, julho 01, 2006

Nem foi preciso tirar as luvas...


Estamos na meias finais....Obrigado Ricardo....e nem foi preciso tirar as luvas....
Estou rouco...muito rouco. Provavelmente amanhã não vou poder falar....mas que se lixe.
Grande jogo, grande Ricardo.

Ganhamos mais uma vez aos ingleses. Já começa e ser um hábito.



A Taça já é Nossa!

É hoje, é hoje….Portugal vs Inglaterra…mais logo



Lá longe, para os lados da china, um adepto fanático pelo mundial deixou a casa pegar fogo, mas nem assim deixou de “ver a bola”. A mulher e filho fugiram, mas ele apenas se preocupou em salvar a televisão...e em vez de ajudar a apagar o incêndio foi à procura de uma tomada para continuar a ver o jogo......que burro!

Eu tinha-me pirado para o café.....a minha televisão nem é grande coisa.

Mas lá para aqueles lados há mais malucos (bom... eles também são muitos...).

Há quem se despeça do emprego para poder ver o mundial sem interrupções, e há quem ande a vender sacos de plástico cheios de “ar do Mundial”. Segundo o próprio os sacos foram fechados “retendo lá dentro o cheiro da relva” dos diversos estádios onde se desenrola o mundial. Eu dava-lhe um saco cheio de uma coisa que eu cá sei....a ele e a quem lhe comprou os saquinhos.....

Faltam menos de 12 horas para o “jogaço”.....tenho de ir comprar umas pevides porque a cerveja já está na arca....

A Taça já é Nossa!

quarta-feira, junho 28, 2006

Com ou sem "fair-play" estamos nos "Quartos"

«É de esperar truques sujos dos portugueses. Eles são conhecidos por ganhar tempo e por entradas pelas costas» palavras do árbitro russo Valentin Ivanov.
Os 7 a 1 que demos aos Russos também deve ter ajudado....

A Taça já é Nossa!

O que eu gosto de tequilha...

Entramos bem no jogo. Muita pressão sobre o México e sempre a olharem para a baliza.



Os “amarelados” não jogaram, mas a coisa correu bem.

Aos 6 minutos o prémio. Simão e Maniche construíram a jogada e o resultado foi um bom golo.

A partir daí a coisa ficou mais calma, principalmente depois do 2º golo (Simão por pénalti), para logo a seguir resultar num golo do México.

O problema foi a 2ª parte. Perdemos o meio campo e perdemos a iniciativa, mesmo a jogar contra 10.

Bom ganhamos e vamos em 1º lugar do grupo com 9 pontos e 1 golo sofrido.

Não está mal.

A Taça já é Nossa!

sábado, junho 17, 2006

Nos Oitavos já estamos.

Nos Oitavos já estamos. Agora falta o México.

Acabamos por fazer a vontade à malta da União europeia expulsamos o Irão do Mundial

(ver em: eleitos...”).

Foi um bom jogo, contra uma equipa muito forte na pequena área.....mas mesmo assim falhamos algumas boas ocasiões. Os jogadores do Irão tinham o objectivo de segurar Portugal, nem que para isso usassem a falta.

Pena o árbitro não ter visto algumas, como por exemplo o pontapé na cara de Figo, mas ter dado um amarelo ao Pauleta por uma falta que eu não vi....

Mas quase 70% de posse de bola falam por si.

E Deco aos 63 minutos e Cristiano Ronaldo aos 80 (de pénalti) fazem o resultado.

quinta-feira, junho 15, 2006

O fenómeno tem um nome....MEDO!

E o jogo Angola/Portugal já foi...Ganhamos, claro está....mas.....não jogamos bem.


A malta não gostou e as criticas já se fizeram ouvir....Mas quem é que se rala?
3 PONTOS!

E eu? Bom...vamos ser honestos por um momento! Não gostei do jogo em si, mas gostei do resultado da exibição (e não estou a falar dos pontos).
Penso de depois deste “mau” jogo as possibilidades de ir-mos longe aumentaram muito.

Vou tentar explicar-me melhor.
Alguém se lembra do jogo contra os EUA num qualquer mundial passado? Pois, levámos na boca....
E do jogo contra Marrocos?
22 jogadores, um campo relvado e mais uma lenda criada....lá ficou o D. Sebastião.... perdido no nevoeiro...novamente.

Porque é que perdemos estes jogos? Alguém tem uma resposta? Bom, eu tenho um palpite.
Perdemos porque estes jogos já estavam ganhos antes de começarem.
Alguém nos convenceu que não valia a pena o esforço porque as equipas eram fracas.... entramos em campo com o jogo já ganho....ou assim pensávamos.

Tem sido assim, desde que me lembro. Só ganhamos bem quando vamos para o relvado com medo!
Podem chamar de “respeito pela equipa adversária”, ou qualquer outra coisa, mas o fenómeno tem um nome....MEDO!
Mas ter medo não é mau. Faz parte da nossa história.

E agora neste jogo Angola/Portugal o que é que aconteceu? A lenga-lenga era a mesma de sempre. Somos os melhores, já somos campeões, etc, etc. Já estava a ver o filme. Quem já estava com medo era eu.
Mas depois ganhamos, mas ganhamos mal e ainda bem. Deu para abrir os olhos a muitos jogadores.

Claro que o que o pessoal queria era ver um jogaço....mas é melhor assim....acreditem.

Com Costinha, Maniche e Petit em campo ao mesmo tempo o nosso seleccionador não correu riscos. O jogo não foi bonito, mas ficaram os pontos para a história.
A propósito de Costinha, este deu uma conferência de imprensa onde segundo os comentadores fez algumas revelações surpreendentes.
Agora quem manda na selecção é o seleccionador!!!! Pois... ainda ninguém tinha percebido...podem ler alguns dos Posts deste blog e vão perceber a ironia...

Lá por fora um adepto Polaco processou o seleccionar da Polónia!
Alegou prejuízos morais e físicos resultantes da derrota da Polónia, frente ao Equador (0-2). Tal derrota provocou uma «profunda frustração e depressão nervosa».
Se a moda pega...

Pior sorte teve um adepto Chinês.
Ao assistir ao jogo da nossa selecção sofreu um ataque cardíaco ao ver Portugal falhar uma oportunidade de golo.
Aparentemente não foi muito grave e o senhor já está fora de perigo.
Mas eu não recomendava ver mais jogos...principalmente de Portugal...tenho uma leve sensação que não vão ser próprios para cardíacos...

A Taça já é Nossa!